8 Sinais de que você é ruim com o dinheiro

8 sinais que voce e ruim com dinheiro

Uma das maiores armadilhas que empreendedores e donos de negócios caem é gestão do dinheiro. Erros financeiros são os maiores erros financeiros porque empresas quebram. Mas, isso não precisa ser o caso se você tem noção dos próximos 8 sinais de como fazer seu negócio sobreviver com hábitos ruins.

 

1. Você não criou um orçamento

“Um orçamento pode ser a chave para gerir seu dinheiro. Um orçamento coloca controle de volta a sua vida. Senão, seu dinheiro só vai e você pode perder controle sobre ele.

Em outras palavras, um orçamento lhe permite ver quanto de dinheiro está entrando e quanto está saindo. Se você perceber que está gastando muito com despesas desnecessárias, então é hora de de você aumentar a gordura do dinheiro para que você tenha fundos suficientes para itens essenciais.

Eu sei que pode parecer assustador sentar e fazer um orçamento, mas quando você começa não é tão ruim assim. Quando você começa o primeiro item do orçamento você começará a se sentir melhor com seu dinheiro.

Mesmo que criar um orçamento seja possa parecer sobrecarregador, não precisa ser. Você pode continuar de forma simples decidindo quanto quer investir no negócio principal cada mês e saiba suas prioridades, como passivo.

2. Você não tem um fundo de emergência

Seja você o dono de um negócio, um autônomo, ou até mesmo um freelancer, ou um gerente de banco, é necessário que você tenha um fundo de emergência – normalmente que cubra de 3 a 12 meses de despesas que você têm mensalmente. O motivo? Um fundo de emergência pode deixar a operação de seu negócio saudável no caso de você ter uma despesa médica inesperada, precisa reparar um equipamento danificado, ou pagar suas contas quando suas receitas estão baixas.

3. Você foca nos números grandes, não nos lucros mínimos

Se você ouvir que seu competidor alcançou 10 milhões ou contratou 10 mil funcionários, seu primeiro instinto será descobrir como chegar neste número correto? Mas um negócio menor pode operar em um nível maior de lucro e pode inclusive ser mais sólido no geral.

Todo dinheiro que entra e é protegido como lucro mínimo é mais valioso para seu negócio e para você como dono do negócio do que você buscar atingir a mesma meta grande que seu concorrente alcançou. Lembra do clássico caso entre Sadia e Perdigão?

ao invés de focar nos grandes números, vejo o que pode economizar com inventário, tributos ou processos.

4. Você está no limite

Quando você está trabalhando no limite, você se verá foçado a recorrer a seu fundo de emergência, poupança, ou se endividar pegando empréstimo no banco ou linha de crédito. Isso definitivamente pode comprometer seu negócio já que você está acumulando dívida desnecessária.

Certifique-se de ter um plano de negócio apropriado que lhe ajude a entender e antecipar quanto dinheiro irá precisar para manter seu negócio crescendo.

5. Você não analisou os riscos

Esteja você começando um novo negócio ou reformulando o que já possui, suas finanças ficarão em risco por alguns meses.  Caso você falhe em equilibrar os riscos, haverá vácuos, que poderão trazer sérios riscos no futuro.

Os maiores riscos que donos de negócios devem estar atentos são:

  • Riscos de produtos com validade que possam comprometer seu negócio;
  • Riscos de mercado que mostre que um mercado grande demais para seu negócio;
  • Riscos de estilo de vida, como não ter seguro e se enterrar em dívidas pessoais.

Riscos de execução que você negou gerenciar porque esteve muito ocupado. Preste atenção para o que é importante e não se prenda somente à rotina.

6. Você não falou com um consultor financeiro

Um dos maiores erros que donos de negócios cometem é não se reunirem com um consultor financeiro. Mesmo que haja um aplicativo que possa gerir tudo, você deve sentar com um consultor financeiro. Um consultor financeiro irá lhe ajudar a encontrar deduções e evitar multas financeiras para seu negócio. Ter que brigar frequentemente com o governo é caro, do ponto de vista financeiro e do tempo, e pode até fazer com que seu negócio feche.

7. Você está gastando muito dinheiro rapidamente

É normalmente hoje estar atualizado com os celulares mais atuais, aplicativos, computadores e estar conectado com o mundo moderno. A realidade é que você deve focar no que importa agora. Ao invés de seu grande escritório, foque em investir nos melhores produtos ou serviços que pode ter.

Ter coisas boas é ótimo, mas pode ser um gasto desnecessário de dinheiro. Lembre-se, seus clientes de importam com seu produto e atendimento que você proporciona. Até que você tenha o dinheiro para suportar o que você quer, seja conservador com seus gastos.

8. Você não separou seus ativos pessoais dos da empresa

Não se planejar para o futuro ou esperar o inesperado pode ter um grande impacto em suas finanças. Há eventos inesperáveis que incluem o pessoal (casamento, família, etc), econômico, e outros que você deve se precaver no longo prazo. Fazer essa previsão e separação pode proteger você pessoalmente e profissionalmente. Tenha contas bancárias separadas e linhas de crédito.

Caso você queira fazer como ele e mudar definitivamente os rumos da sua vida clique aqui!

Caso você queira saber seu perfil financeiro clique aqui e saiba agora mesmo!

Caso você seja um investidor e deseja saber seu perfil de investidor agora mesmo clique aqui!

Descubra seu perfil Financeiro

Gabriel Pozzetti

Gabriel Pozzetti é investidor desde 2006 e trader, certificado ANCORD, CPA-20 e PQO Mesa. Se aprimorou nos Estados Unidos e hoje tem como missão ensinar pessoas a proteger seu dinheiro e encontrarem investimentos de alta rentabilidade e ajuda investidores ambiciosos a terem sucesso.

Website:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *