Segundo especialista, o ciclo de baixa da Bolsa está no fim

O Ibovespa passou por seis grandes ciclos desde 1983, de acordo com o estudo do economista e especialista em análise de métodos quantitativos, Richard Rytenband, que mostra que estamos no meio de um grande mercado de baixa e que vale a pena considerar ficar bem longe da Bolsa e começar a pensar em renda fixa. O panorama histórico do estudo do especialista inclui todo tipo de governo, crise externa, impeachment, guerras e etc.

O primeiro grande mercado de alta foi de 1983 a 1986, seguido de um mercado de baixa que se estendeu até 1991. Logo após veio mais um mercado positivo até 1997, seguido de uma queda até 2002. A última dobradinha de alta e baixa foi de 2002 a 2008, e o atual de queda que dura até hoje.

Muitos sinais indicam que o ciclo de baixa atual está no fim. Extremo pessimismo, empresas negociadas muito abaixo do que deveriam valer e muita volatilidade são sinais claros de que um ciclo de baixa está no fim e um de alta está para começar.

Os investidores devem ficar atentos a partir de agora, talvez consigo pagar barato por empresas que vale mais do que está sendo negociadas. Para os grafistas, esperem pelo sinal de compra no diário e no semanal que a possibilidade de perderem dinheiro será pequena visto que elas já caíram muito.

 

Caso você queira fazer como ele e mudar definitivamente os rumos da sua vida clique aqui!

Caso você queira saber seu perfil financeiro clique aqui e saiba agora mesmo!

Caso você seja um investidor e deseja saber seu perfil de investidor agora mesmo clique aqui!

Descubra seu perfil Financeiro

Gabriel Pozzetti

Gabriel Pozzetti é investidor desde 2006 e trader, certificado ANCORD, CPA-20 e PQO Mesa. Se aprimorou nos Estados Unidos e hoje tem como missão ensinar pessoas a proteger seu dinheiro e encontrarem investimentos de alta rentabilidade e ajuda investidores ambiciosos a terem sucesso.

Website:

1 Comentário

  1. Ricardo Pirondi

    Ok. Falou falou e falou nada.

    Simplório demais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *